Atlético

MERCADO DA BOLA

Cuca fala sobre cenários de negociação de Atlético e América por Ademir

Técnico do Galo trabalha com a ideia de receber o jogador em 2022

postado em 29/07/2021 21:25 / atualizado em 29/07/2021 22:31

(Foto: Mourão Panda/América)
Cuca falou abertamente sobre a negociação entre Atlético e América por Ademir. Em entrevista ao programa Bastidores, da Rádio Itatiaia, o técnico afirmou que o atacante provavelmente completará sete partidas pelo Coelho no Campeonato Brasileiro e só poderá defender o Galo na temporada 2022.

“O Ademir tem vínculo com o América. Se vier para o Atlético, só vem ano que vem. A não ser que houvesse uma negociação antes disso. Parece que ele tem seis jogos, e se jogar a próxima, já não pode mais também jogar o Brasileiro (por outro clube)”, disse.

O comandante alvinegro ressaltou que estaria disposto a liberar alguns jogadores para empréstimo caso o América mude de ideia e deixe Ademir fora da convocação do duelo contra o Atlético-GO, às 20h30 de domingo, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 14ª rodada do Brasileirão.

“A não ser que o América entenda que seja bom para o América e para o jogador a saída dele com algum ressarcimento em termos financeiros ou alguns jogadores que eles possam entender que podiam vir a ajudar e que eu possa ceder. Tudo isso seriam coisas para serem estudadas, que ficassem boas para todo mundo”.

Todavia, se depender de Cuca, o Atlético não forçará o América nem tampouco o jogador a aceitar uma transferência imediata. No entendimento do treinador, a negociação precisa ser boa para ambos os lados.

“Quando o negócio é bom só para um, não é bom para ninguém. Se fosse uma coisa boa para todo mundo, aí acerta. Se não fica bom, vem no ano que vem. Tenho muita confiança no Rodrigo (Caetano, diretor de futebol) e sei que ele vai fazer o melhor para nós”.

No América desde abril de 2018, Ademir viveu o auge em 2020, quando foi eleito o craque da Série B em votação dos jornalistas do SporTV. Destaque com jogadas de velocidade, dribles e arrancadas, ele marcou oito gols e deu três assistências em 28 jogos, ajudando na campanha de acesso à elite nacional, em 2º lugar, com 73 pontos.

Em 2021, Ademir caiu de rendimento e balançou a rede apenas duas vezes em 19 partidas. Em março, quando era pretendido pelo Athletico-PR, o atleta se recusou a atuar contra o Treze-PB, pela segunda fase da Copa do Brasil. Na ocasião, o presidente Alencar da Silveira Júnior classificou a atitude como molecagem e prometeu multar o jogador.

O desentendimento foi contornado dias depois, porém América e Ademir não chegaram a um acordo para ampliação do vínculo vigente até dezembro de 2021. O clube ofereceu aumento de 30% na remuneração, mas o atleta não aceitou. Assim, o Atlético costurou um pré-contrato para 2022.

Ainda assim, conforme as palavras de Alencar da Silveira Júnior, Ademir entrará em campo contra o Atlético-GO. O América precisa da vitória fora de casa para sair da zona de rebaixamento do Brasileirão - é o 18º colocado, com 10 pontos em 13 rodadas.

“O Ademir fica no América até o final do contrato, que se encerra no final do ano. Ele vai para o jogo contra o Atlético-GO no próximo fim de semana, fazendo, assim, seu sétimo jogo. Como bom profissional que é, ele fica para ajudar o América”, garantiu o presidente do Coelho.

Tags: América Atlético americamg interiormg futnacional seriea mercadobola Ademir