Atlético

ATLÉTICO

Atlético: Cuca vê derrota na Copa do Brasil como lição e valoriza Vargas

Apesar da classificação, treinador alerta para riscos de o time não conseguir reação nas próximas decisões

postado em 05/08/2021 08:27 / atualizado em 05/08/2021 08:55

(Foto: Pedro Souza / Atlético)
O técnico Cuca analisou a classificação do Atlético às quartas de final da Copa do Brasil com derrota por 2 a 1 para o Bahia, nessa quarta-feira, no estádio Joia da Princesa. Em vantagem por ter vencido o jogo da ida das oitavas de final por 2 a 0, o Galo levou dois gols na etapa inicial, mas assegurou a vaga na próxima fase com Eduardo Vargas, que balançou a rede aos 17 minutos do segundo tempo. Em entrevista coletiva após a partida, o treinador alertou que o desempenho ruim como o do primeiro tempo em Feira de Santana pode custar caro para o time nas próximas decisões. 



"Perdemos no momento em que podia perder. Não é bom, ninguém gosta, mas vencemos em um jogo de 180 minutos, por 3 a 2. Passou a equipe que mais fez gols e menos levou, e estamos entre os oito. Fica um momento de aprendizado, pois um primeiro tempo ruim como o que a gente fez, pode ser que você não reverta mais", declarou o comandante, se referindo à disputa com o River Plate nas quartas de final da Copa Libertadores da América, nos dias 11 e 18 de agosto, em Buenos Aires e Belo Horizonte, respectivamente. 

Cuca também destacou o papel de Vargas na partida. O chileno voltou a decidir para o Galo  a exemplo do que fez na vitória por 2 a 0 sobre o Athletico-PR, no domingo passado, quando entrou no segundo tempo, anotou um gol de pênalti e deu assistência para Neto marcar o outro. O treinador acredita que o camisa 10 está prestes a conquistar uma chance entre os titulares. 

"Para nós é muito importante. Vargas tem readquirindo a forma dele após ter covid recentemente. Ele vem entrando gradativamente e, daqui a pouco, vai estar em condição de jogar uma partida inteira. A exemplo do que fez contra o Athletico-PR, ele foi um dos responsáveis pela mudança que tivemos na segunda etapa", elogiou o técnico. 

Por fim, Cuca falou da possibilidade de utilizar um trio ofensivo com o chileno, Hulk e Keno, que se recupera de lesão. Ele ainda elogiou as entradas de Dylan e Nacho Fernández no segundo tempo contra o Bahia. 

"Seria possível. Bons jogadores a gente tem que encaixar e fazer os melhores jogar. São bons jogadores, mas eles precisam entrar na real condição de jogo. Eles são cobrados conforme eles produzem. Vargas está praticamente no ponto. Ele tem entrado e aproveitado as oportunidades, assim como o Dylan entrou bem", ressaltou. "Nacho, se fosse ao pé da letra, não era nem para ter viajado. A gente trouxe por uma necessidade, porque a gente não sabe o que vai acontecer no jogo. E ainda bem que trouxemos. Ele ajudou a mudar o panorama do jogo. Apesar da derrota, fizemos um segundo tempo bom em relação ao primeiro", concluiu. 

Sequência do Atlético


O Atlético conhecerá seu próximo adversário na Copa do Brasil nesta sexta-feira, em sorteio que será realizado às 15h. Fluminense, Grêmio, Fortaleza, Athletico-PR e São Paulo já estão garantidos. Flamengo e Santos golearam no jogo de ida e devem confirmar as classificações contra ABC e Juazeirense, respectivamente.
 
Pelo Campeonato Brasileiro, O Galo volta a campo neste domingo, às 16h, contra o Juventude, no Alfredo Jaconi. O Alvinegro é o vice-líder da Série A, com 31 pontos, um a menos que o Palmeiras. 

 

Tags: copadobrasil interiormg seriea