Atlético

COPA DO BRASIL

Atlético volta a vencer Fluminense e avança à semifinal da Copa do Brasil

De pênalti, Hulk marcou o gol da vitória por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Mineirão; jogo de ida terminou com triunfo alvinegro por 2 a 1 no Rio de Janeiro

postado em 15/09/2021 20:51 / atualizado em 15/09/2021 23:26

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

O Atlético melhorou no segundo tempo com a entrada de Diego Costa, criou boas oportunidades e voltou a vencer o Fluminense nas quartas de final da Copa do Brasil. De pênalti, o atacante Hulk marcou o gol da vitória por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, no Mineirão, na partida de volta do confronto. Na ida, o time alvinegro fez 2 a 1, Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.


Classificado, o Atlético vai enfrentar o Fortaleza na semifinal. Depois de empate por 2 a 2 na partida de ida das quartas, no Morumbi, o Leão venceu o São Paulo por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Castelão, no duelo de volta.

As semifinais da Copa do Brasil estão agendadas previamente para as semanas dos dias 20 (ida) e 27 (volta) de outubro, com ordem dos mandos de campo definidos em sorteio a ser realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ainda não há data e horário definidos para cada confronto.

Próximos compromissos


O próximo jogo das equipes é pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Líder, o Atlético recebe o vice-lanterna Sport neste sábado, a partir das 19h, no Mineirão. Na segunda-feira, às 20h, a bola rola para o duelo entre Fluminense e Cuiabá, na Arena Pantanal.

Jogo parelho


As linhas ofensivas demoraram a brilhar no Mineirão. Nos minutos iniciais, Atlético e Fluminense anularam os pontos fortes do adversário e pouco sofreram defensivamente. Mesmo em desvantagem no placar agregado, a equipe visitante não parecia ter pressa.

Era parte da estratégia do técnico Marcão. Afinal, o Flu tinha mais de 90 minutos para marcar um gol e levar a decisão para as penalidades. Aos poucos, o time foi se soltando e criou duas grandes oportunidades.

Aos 28 minutos, Fred, nas proximidades da pequena área, cabeceou e exigiu uma defesa espetacular de Everson. Pouco depois, Luiz Henrique, de costas para o gol, finalizou para a meta vazia, mas errou o alvo.

As dificuldades de criação eram evidentes do lado atleticano. Matías Zaracho e Eduardo Vargas foram os mais perigosos na etapa inicial, mas não conseguiram subir o nível de um time que se viu encurralado pela forte marcação rival. Com isso, o 0 a 0 persistiu.


Melhora alvinegra


Diego Costa voltou para o segundo tempo e mudou a cara do jogo. Em quatro minutos, deixou dois companheiros - Zaracho e Nacho Fernández - em ótimas condições de marcar, mas o gol não saiu.

A pressão deu resultado logo aos oito minutos, quando Danilo Barcelos, ex-jogador do Atlético, cometeu pênalti ao desviar com o cotovelo um cruzamento de Mariano. Na cobrança, Hulk abriu o placar: 1 a 0.

O Fluminense se viu obrigado a atacar mais, o que, consequentemente, deu espaços ao Atlético. O time alvinegro melhorou muito ofensivamente e criou boas oportunidades com Diego Costa, Hulk e Igor Rabello - que acertou a trave em cabeceio.

O técnico Marcão fez muitas modificações no Flu, mas não conseguiu mudar o panorama do jogo. O Atlético conseguiu manter a vantagem e assegurou o 1 a 0.

ATLÉTICO 1 X 0 FLUMINENSE

 
Atlético
Everson; Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Réver, aos 36' do 2ºT), Matías Zaracho (Keno, aos 37' do 2ºT) e Nacho Fernández (Eduardo Sasha, aos 41' do 2ºT); Eduardo Vargas (Diego Costa, no intervalo) e Hulk (Nathan, aos 42' do 2ºT)
Técnico: Cuca

Fluminense
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Wellington (Arias, aos 15' do 2ºT), Nonato (Calegari, aos 27 do 2ºT) e Yago Felipe; Luiz Henrique (Bobadilla, aos 27' do 2ºT), Caio Paulista (Gustavo Apis, aos 29' do 2ºT) e Fred (Abel Hernández, aos 29' do 2ºT)
Técnico: Marcão
 
Motivo: jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: quarta-feira, 14 de setembro de 2021, às 19h (de Brasília)

Gol: Hulk, aos 10' do 2ºT (ATL)
Cartões amarelos: Matías Zaracho, aos 32' do 2ºT (ATL); Danilo Barcelos, aos 24', e Yago Felipe, aos 30' do 2ºT (FLU)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (Fifa/SP)

Tags: galo atlético fluminense tricolor flu mineirao copadobrasil atleticomg interiormg futnacional fluminenserj