Atlético
1

ATLÉTICO

Cuca quer Atlético focado no Brasileiro até final contra elogiado Athletico

'A nossa preparação para as finais da Copa do Brasil é a sequência do Brasileiro. Essa é a melhor preparação que a gente tem que ter', afirmou

postado em 04/11/2021 15:59 / atualizado em 04/11/2021 16:38

(Foto: Reprodução/CBF TV)

Sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta quinta-feira definiu que a finalíssima da Copa do Brasil entre Atlético e Athletico-PR, em 15 de dezembro, será na Arena da Baixada, em Curitiba. Durante o evento no Rio de Janeiro, o técnico Cuca foi questionado sobre a decisão, mas repetiu seguidamente que o foco alvinegro deve estar, inicialmente, na disputa do Campeonato Brasileiro.



Afinal, a Série A - que tem o Galo como líder com dez pontos de frente em relação ao segundo colocado Palmeiras - termina em 9 de dezembro. No dia 12, Atlético e Athletico-PR se enfentam no jogo de ida da final do mata-mata nacional, no Mineirão, em Belo Horizonte. A partida de volta em Curitiba será três dias depois.

"Até lá tem muita coisa, né? Não é hoje que a gente tem que pensar já nessa decisão. A gente tem o Brasileiro e um bom encaminhamento do Brasileiro faz com que a gente chegue bem a essa final também", afirmou Cuca, durante entrevista coletiva que também contou com o técnico do Athletico-PR, Alberto Valentim.

"O Alberto é um amigo meu, um treinador moderno, cheio de ideias novas. Eu o conheci quando estive no Palmeiras (2016). Foi para fora do país, teve diversas experiências com muitos treinadores, na Itália principalmente, agregou muito para a gente no Palmeiras na conquista que a gente teve (Brasileiro de 2016). Depois, em 2017, quando eu saí, ele ficou e foi vice-campeão brasileiro. E está seguindo essa carreira que tem e está construindo. Tem tudo para ser uma carreira brilhante. É um grande profissional e um amigo que tenho dentro do futebol", elogiou Cuca.

E o adversário?

O comandante alvinegro também elogiou o time comandado por Valentim. "É um time que não é a primeira vez que chega. Já é uma afirmação, requer todo respeito nosso e merece todo o respeito nosso. É uma equipe que tem a maneira de jogar. O Alberto tem o sistema dele bem adequado e, até lá, a gente vai ter muito tempo para entender um pouco mais o adversário. Lógico que dentro do Brasileiro a gente vai pegando ainda mais confiança, mais corpo para chegar nos dias 12 e 15 na melhor forma possível", disse.

O próximo compromisso do Atlético é justamente pelo Brasileirão. Neste domingo, o time alvinegro enfrenta o América. O clássico, no Mineirão, está marcado para 16h e vale pela 30º rodada.

Leia a entrevista de Cuca

Já pensou em estratégias para a final?

“Ainda não. Quero dormir um pouco, porque levantamos às 5h da manhã para vir para cá (risos). Fomos dormir às 3h30. Que sejam duas grandes finais. As duas equipes estão de parabéns por terem chegado à final e é lógico que, agora, que vença a melhor.”

Disputa pelo título brasileiro influencia na final da Copa do Brasil?

“Até lá tem um bom tempo e muita água para passar embaixo da ponte. O Athletico-PR na final da Sul-Americana, na luta que estão no Brasileiro, pelos objetivos deles. Nós também, pelos nossos. Até lá tem muita coisa, né? Não é hoje que a gente tem que pensar já nessa decisão. A gente tem o Brasileiro e um bom encaminhamento do Brasileiro faz com que a gente chegue bem nessa final também.”

Valentim é de Minas e Cuca é do Paraná. Isso influencia?

“Minha família toda lá de Curitiba, tem grande parcela que torce pelo Athletico-PR. É lógico que a gente é profissional. Hoje, a gente vai fazer o máximo para conseguir nossos objetivos. O ano vem sendo muito bom para o Atlético e a gente espera coroar o trabalho com essas conquistas."

Relação com Valentim

“O Alberto é um amigo meu, um treinador moderno, cheio de ideias novas. Eu o conheci quando estive no Palmeiras. Foi para fora do país, teve diversas experiências com muitos treinadores, na Itália principalmente, agregou muito para a gente no Palmeiras na conquista que a gente teve (Brasileiro de 2016). Depois, em 2017, quando eu saí, ele ficou e foi vice-campeão brasileiro. E está seguindo essa carreira que tem e está construindo. Tem tudo para ser uma carreira brilhante. É um grande profissional e um amigo que tenho dentro do futebol."

O que pensa sobre o adversário?

“O Athletico-PR está em três frentes: Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileiro. Também tem jogado domingo e quarta, domingo e quarta, a exemplo da gente. Estávamos em todas as frentes. É um time que não é a primeira vez que chega. Já é uma afirmação, requer todo respeito nosso e merece todo o respeito nosso. É uma equipe que tem a maneira de jogar. O Alberto tem o sistema dele bem adequado e, até lá, a gente vai ter muito tempo para entender um pouco mais o adversário. Lógico que dentro do Brasileiro a gente vai pegando ainda mais confiança, mais corpo para chegar nos dias 12 e 15 na melhor forma possível.”
 
Você, se for campeão, vai se tornar o maior técnico da história do Atlético?

“Eu não penso em ser o maior técnico. Eu só penso em poder dar alegria para aquele povo todo. A torcida do Atlético. Eu tenho me dedicado - não só eu, como o Rodrigo Caetano, o presidente, a comissão técnica, o grupo de jogadores. A gente tem dado o nosso máximo para que a gente possa nos sagrar campeões depois de 50 anos e ter esse bicampeonato da Copa do Brasil também. É um outro sonho que a gente tem e a gente está no limite nosso, do máximo. Extraindo dos jogadores, dentro da ansiedade natural que é vivida nesse momento por todos nós. Com muita fé e humildade, a gente espera que as coisas aconteçam a nosso favor.”

Recado para a torcida
 
“Nós vamos só dar sequência ao nosso trabalho, em comunhão com a torcida que a gente está. Domingo, temos um clássico e, como eu falei, a nossa preparação para as finais da Copa do Brasil é a sequência do Brasileiro. Essa é a melhor preparação que a gente tem que ter. A mensagem que a gente passa é estar junto com o torcedor neste momento do Campeonato Brasileiro até chegar às finais da Copa do Brasil.”

Tags: galo atletico-pr cuca copadobrasil atleticomg interiormg futnacional seriea