Atlético
1

ATLÉTICO

Apesar da chuva, atleticanos não arredam o pé de bares de olho no Flamengo

No tradicional Bar do Salomão, reduto alvinegro, e no Buritis, torcedores se reúnem para jogo que pode concretizar título nacional

(Foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
A chuva que cai sobre Belo Horizonte nesta terça-feira (30/11) não desanimou a torcida do Atlético, que saiu de casa para assistir ao jogo entre Flamengo e Ceará, que pode marcar o título brasileiro do Galo. No Bar do Salomão, no Bairro Serra, Região Centro-Sul da capital,os alvinegros recorreram às marquises e às capas de chuva para se proteger.

 

 

 



Se o rubro-negro empatar ou perder para os cearenses, o Galo fatura a taça nacional. Apesar da vitória parcial flamenguista no primeiro tempo, os consumidores permaneceram no Salomão para assistir ao segundo tempo.

O bar, localizado na Rua do Ouro, é tradicional espaço de confraternização alvinegra. Espécie de extensão da arquibancada, o botequim tem os consumidores entoando cânticos de apoio durante as partidas transmitidas pela televisão.

O vigilante Henrique Pereira, de 34 anos, diz que não vai ligar para a chuva tomada nesta terça se o Atlético for bicampeão. E, para trazer sorte, levou a filha Mariana, de 1 ano e 11 meses, que define como um "amuletinho". A pequena, segundo ele, "só viu o Galo bem".

(Foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)


No Buritis, na Região Oeste, torcedores se reúnem no Prainha Butiquim, mas em menor número. Nas mesas, o otimismo ainda é visível.

"Minha expectativa é no mínimo 1 a 1. Hoje é meu aniversário de 59 anos, o título vai ser meu presente", afirma Estevam Reis, administrador de empresa. 

Caso o Flamengo consiga os três pontos no Maracanã, o Galo pode faturar o título na quinta-feira (2), em Salvador (BA), se vencer o Bahia.

O time atleticano tem 78 pontos. Para ficar de vez com a primeira posição, precisa conquistar mais dois pontos nos três compromissos restantes. Qualquer tropeço flamenguista também basta.

Tags: atleticomg flamengorj seriea cearace