Atlético
1

ATLÉTICO

Cidadãos honorários de BH: Rodrigo Caetano, Cuca e Hulk recebem título

Trio do Atlético recebeu honraria por desempenho esportivo representando o Galo na temporada do futebol em 2021

postado em 06/12/2021 18:20 / atualizado em 06/12/2021 21:56

(Foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

A festa atleticana ganhou novos contornos e mais motivos de comemoração. Nesta segunda-feira (6), após o bicampeonato brasileiro do Atlético, o diretor de futebol Rodrigo Caetano, o técnico Cuca e o atacante Hulk receberam títulos e se tornaram Cidadãos Honorários de Belo Horizonte.
 


A iniciativa consagra o trio pela performance esportiva na temporada do futebol em 2021, representando o Galo e a capital mineira dentro e fora das quatro linhas.

Rodrigo Caetano e Hulk foram contratados em janeiro de 2021 pelo Atlético. Dentro de suas funções, foram fundamentais para a excelente temporada construída pelo time mineiro em 2021, com títulos do Campeonato Mineiro e do Campeonato Brasileiro, semifinal de Copa Libertadores e a possibilidade de conquistar a Copa do Brasil.
 
Rodrigo Caetano fez um longo agradecimento ao receber a honraria. Ele valorizou atletas, dirigentes, comissão técnica, torcedores e cidadãos de BH, de modo geral.

 
"Só quem passa aqui pode entender que é diferente mesmo. Eu não sou merecedor de tal honraria, mas eu vou guardar ela no mais alto local da minha prateleira, porque essa é única. Inusitada, a primeira vez. É um título pessoal que vai marcar minha vida para sempre. Minha e da minha família. Assim como os meus colegas, que vivem mudando de lugar e fazendo às vezes com que a família sofra muito", destacou.
 
"Quando a gente é reconhecido por uma cidade inteira, faz a gente ver que valeu a pena. Vale muito a pena. Queria agradecer a todos vocês, torcedores da massa atleticana. Meus grandes amigos hoje, parceiros. Realmente, marcou muito na minha vida. Ontem, no campo, um torcedor me disse uma coisa que ficou marcada: 'Eu vi tu brigar tanto para nós, xingar, reclamar. Tu já era Galo, só não sabia!' (risos). Obrigado, de coração, por tudo!", completou.
 
Por sua vez, Hulk voltou a se declarar pelo Atlético e classificou o título do Campeonato Brasileiro como o mais importante da carreira. 
 
 
 
"Agradecer ao vereador Crispim pela educação, pela homenagem. Para mim, é muito gratificante. Sempre falei, desde que cheguei aqui no Atlético, que Deus me abençoou muito. Não só profissionalmente, mas como na questão familiar também. Eu tenho uma família que me ajuda demais, que me põe para cima sempre. Às vezes a gente chega triste e recebe aquele abraço verdadeiro, aquele amor verdadeiro (...). Chega a emocionar", declarou Hulk.


 
"Poder ganhar o Brasileiro com o Atlético para mim foi muito especial. Eu sempre falei que seria o título mais importante da minha carreira. Para quem não sabe, eu já ganhei 20 títulos e o Brasileiro foi o mais importante pela história do clube, por eu estar voltando a jogar no meu país depois de mais de 16 anos. Ter essa oportunidade de poder, no primeiro ano, fazer história com esse clube maravilhoso. Agradeço a todos os mineiros pelo carinho, pelo respeito e é recíproco. Vai ser eterno", completou. 

Cuca retornou ao Atlético em março e voltou a fazer história. Campeão da Libertadores em 2013, o treinador agora deu fim a um jejum de 50 anos e tirou o Galo da fila no Brasileirão.


 
"Pessoal, eu só tenho a agradecer a vocês. Eu sou povão. Sou igual a vocês. Batalhador, dou valor a tudo que eu ganho. Esse é o quinto campeonato que a gente ganha junto com vocês aqui. Me sinto uma pessoa realizada e agradeço a Nossa Senhora, Jesus, por terem me capacitado para estar aqui, ser campeão brasileiro com vocês. Não tem coisa mais gostosa que isso no mundo. É a realização de uma carreira, de um sonho que eu vivo. Eu larguei minha mãe na UTI, 70 dias entubada e vim para cá. Vim na raça e ontem ela estava dentro do campo comigo, comemorando. Eu sou o cara mais feliz do mundo!", extravasou Cuca. 



Tags: galo bh galeria atlético mineirão caetano cuca fotos titulo imagens hulk atleticomg interiormg futnacional cidadaos volta olímpica seriea honorarios ramon lisboa ergue a taça