Ceará

ATLÉTICO

CBF libera, e Atlético irá ao Rio de Janeiro analisar áudio do VAR de jogo com Ceará

Clube mineiro contesta marcação de pênalti que resultou em gol rival

postado em 04/10/2019 15:48 / atualizado em 04/10/2019 15:56

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético)</i>
Atlético teve pedido atendido e irá à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) analisar o áudio do VAR da partida contra o Ceará. O clube mineiro contesta marcação de pênalti para o adversário na vitória do último domingo por 2 a 1, no Independência, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No lance questionado, Igor Rabello dá carrinho na área. Felippe Cardoso erra a finalização. Na sequência, há o choque entre os dois. O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior (PR) assinalou a penalidade. A arbitragem de vídeo, comandada por Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ), não sugeriu consulta aos monitores. Na cobrança, Thiago Galhardo fez o gol.

Apesar da vitória, o Atlético quer analisar o caso e verificar se houve descumprimento do protocolo do VAR. Para isso, solicitou acesso ao áudioda conversa dos árbitros no momento de tomada de decisão da marcação do pênalti.

“Os áudios estão liberados para exame do Atlético. Estamos agendando data e horário na CBF”, confirmou o vice-presidente alvinegro, Lásaro Cândido da Cunha, ao Superesportes. A informação havia sido publicada inicialmente pelo UOL.

Para acessar o áudio, o Atlético enviará representante à CBF, no Rio de Janeiro. A entidade não libera cópias das gravações. A partir da análise, o clube alvinegro definirá as medidas a serem tomadas no caso.

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea galo cearace