Cruzeiro

CRUZEIRO

Jornal espanhol assegura ida de Lucas Silva ao Real Madrid, mas presidente do Cruzeiro nega

Presidente Gilvan de Pinho Tavares negou que martelo tenha sido batido

postado em 21/01/2015 23:02 / atualizado em 21/01/2015 23:21

Reprodução

O Real Madrid apresentará Lucas Silva na próxima semana, no Estádio Santiago Bernabéu, e assinará com ele um contrato de seis anos e meio. A informação, dada como certa, é do jornal espanhol Marca. Segundo o diário de Madri, o clube merengue chegou a um acordo econômico com o Cruzeiro, que pedia até então 15 milhões de euros pela cessão de 100% dos direitos.

”Lucas, de 21 anos, se vestirá se branco nas próximas seis temporadas e meia e será apresentado no palco do Santiago Bernabéu na próxima semana, uma vez que o Madrid conseguiu desbloquear as diferenças econômicas entre ambas as partes”, informa o Marca.

Ouvido pela reportagem às 23h15, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, negou com veemência que tudo já esteja definido. "De forma nenhuma. Essa notícia não procede. O Real mandou outra proposta pelo agente do jogador, me reuni com ele, mas ainda está muito longe do que queremos. A negociação continua, mas ainda está aquém do que pretendemos".

Como o Superesportes informou nesta quarta-feira, um encontro na terça-feira, na sede do Cruzeiro, entre o presidente Gilvan de Pinho Tavares e o agente do jogador, Luiz Rocha, reativou a negociação, paralisada desde dezembro.

À reportagem, o pai do jogador, Miguel Vieira, confirmou o novo assédio do Real Madrid. “Queremos o que for melhor para o Lucas e para o Cruzeiro. Claro, sem forçar nenhuma situação. O Luiz me ligou hoje e me disse da reaproximação do Real Madrid, mas sem dar qualquer detalhe”, disse. “Li que eles (Real) estão vendendo um volante e o Lucas seria a reposição. Isso é tudo que sei. Tomara que venha a proposta e Deus nos indique o caminho certo”, completou Miguel.

O Real havia oferecido anteriormente 12 milhões de euros por Lucas Silva e teria aumentado sua proposta nas últimas horas, já que negociou o meio-campista Asier Illaramendi ao Athletic de Bilbao por valor entre 22 e 25 milhões de euros.

Se o jogador for negociado, o Cruzeiro ficará com 50% do valor, já que repassou 20% dos direitos ao empresário Pedro Lourenço, dono da rede Supermercados BH para saldar pendências ainda da gestão Zezé Perrella. O Banco BMG tem 10%, o próprio jogador detém outros 10% e a Agremiação Esportiva Ovel, que lançou o jogador, outros 10%.

Tags: futinternacional gilvan cruzeiro marca libertadores lucas silva real madrid