Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro reintegra lateral-esquerdo Giovanni ao elenco duas semanas após afastamento

Em comunicado, clube disse que decisão partiu do técnico Ney Franco

postado em 21/09/2020 16:39 / atualizado em 21/09/2020 17:18

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Cruzeiro informou, na tarde desta segunda-feira, que reintegrou ao seu elenco o lateral-esquerdo Giovanni, de 31 anos. O pedido partiu, de acordo com o clube, da comissão técnica liderada por Ney Franco. O jogador estava afastado das atividades com o restante do grupo desde o último dia 7.

Giovanni, que tem contrato até dezembro de 2021, é mais um atleta reintegrado pelo departamento de futebol do Cruzeiro. Antes dele, o atacante Welinton também voltou ao time. A dupla integrava lista de afastados definida pela diretoria no início do mês, quando o treinador ainda era Enderson Moreira.

Os laterais-esquerdos João Lucas e Patrick Brey seguem treinando separadamente. A tendência é que ambos sejam negociados pelo Cruzeiro. Já o atacante Judivan teve o contrato rescindido para acertar com o Botafogo-SP.

Além da lista de afastados, o Cruzeiro também devolveu Vinícius Popó ao time Sub-20. De acordo com Ney Franco, o jovem atacante, de 19 anos, participará de pelo menos dois jogos do Campeonato Brasileiro da categoria para ser observado dentro de campo.   

Muito cobrado pela torcida em função das decisões tomadas, o departamento de futebol do Cruzeiro, liderado por André Argolo (diretor de esportes), Deivid (diretor-técnico) Ricardo Drubscky (executivo de futebol), já produziu esse "efeito ioiô" com jogadores das categorias de base. Caio Rosa, por exemplo, foi promovido ao elenco profissional e devolvido ao time Sub-20 em quatro oportunidades ao longo de nove meses.

A reintegração de Giovanni também tem relação com a dificuldade do Cruzeiro de encontrar, no mercado, um jogador para disputar posição com Matheus Pereira, unico lateral-esquerdo de origem no grupo. O jovem ganhou a condição de titular após quase deixar a equipe rumo ao Estoril, de Portugal.

Além disso, a Raposa está impossibilitada de registrar novos reforços em função de uma punição da Fifa. O departamento jurídico do clube tenta reverter a situação. 

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional