Confiantes, torcedores do Galo já compram pacote para final da Libertadores

Parte da torcida está confiante que o Atlético avançará para a decisão e acredita que a Conmebol vai liberar a presença de público no estádio Centenário

24/09/2021 17:08 / atualizado em 24/09/2021 21:01
compartilhe
Fabiano Machado de Castro com a filha Julia, hoje com sete anos
foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fabiano Machado de Castro com a filha Julia, hoje com sete anos



Depois do empate com o  Palmeiras , por 0 a 0, no Allianz Parque-SP, o torcedor do  Atlético  se animou com a possibilidade de o time alvinegro avançar à final da  Copa Libertadores . O duelo decisivo ocorrerá na próxima terça-feira (28), às 21h30, no Mineirão. Mesmo antes de saberem o resultado eliminatório, atleticanos já compraram pacote para Montevidéu, no Uruguai, onde será realizada a final da competição da Conmebol , no dia 27 de novembro.

Irmãos, o engenheiro Fabiano Machado de Castro , de 47 anos, e o advogado Cristhiano de Castro , de 48, adquiriram o serviço com uma empresa de turismo. Eles sabem que o duelo contra o Palmeiras não será fácil, mas mostraram confiança. "Acho que o Atlético é melhor que o  Palmeiras , mas é um jogo traiçoeiro e gol fora de casa conta como desempate. Claro que tem risco, não tem nada definido, mas tenho a confiança de que, com a torcida no Mineirão, vamos conseguir a vaga", disse Fabiano, que tem a garantia da operadora da troca do pacote por qualquer outra viagem no período de um ano, caso o Atlético não consiga a vaga na final.  

"Não sei para que lugar vou se o Atlético não se classificar. A  esperança é grande. A gente sempre frequentou jogo do Galo desde criança e, hoje, a gente tem uma condição financeira que permite ter a oportunidade de acompanhar estes momentos mais decisivos", explicou Fabiano, que já viajou para acompanhar in loco as Copas do Mundo da Alemanha (2006), África do Sul (2010) e Rússia (2018).

Como a Conmebol ainda não oficializou a presença de público na final no Uruguai, os mineiros estão atentos às novas informações sobre as entradas. O governo uruguaio já liberou a volta de torcida aos estádios. Nessa quinta-feira, o  Atlhetico-PR venceu o Peñarol, por 2 a 1 , na semifinal da  Copa Sul-Americana , com a presença de torcedores.
 
Fabiano e Cristhiano em partida realizada fora do Brasil
foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fabiano e Cristhiano em partida realizada fora do Brasil


Vacinação completa


O diretor da Secretária Nacional do Esporte do Uruguai, Sebastián Bauzá , disse que o país pretende receber 50% da capacidade do Estádio Centenário. "Em novembro, vamos ter duas finais de Libertadores e a final da Sul-Americana, algo que nunca aconteceu no Uruguai. Estas finais podem ter estrangeiros, que vão ter que ingressar vacinados ao país. Será perto dos 50% (do total do estádio) e esperamos que, em novembro, tenhamos algo mais", declarou.

Com a vacinação completa contra a COVID-19 , Fabiano garante que irá ao Uruguai mesmo sem bilhete comprado. "Como vai ser carga menor, vamos tentar todos os canais possíveis, o que for mais viável a gente tenta. E teria coragem de ir sem ingresso também, sempre acontece de alguém desistir em cima da hora, alguém que tem um problema de última hora e não pode ir", disse.

Empresas de turismo esperam que a Conmebol anuncie a venda de ingressos até o início de outubro. A Turista FC, empresa na qual os mineiros compraram o pacote de viagem, é especializada em eventos esportivos e levou  flamenguistas  para a final em Lima, no Peru, em 2019. A operadora alugou um avião para Montevidéu e já comercializou 105 assentos; ainda restam 40.

Estádio Centenário receberá a final da Copa Libertadores deste ano
foto: Pedro Martins / Mowa Press

Estádio Centenário receberá a final da Copa Libertadores deste ano



"A nossa ideia era ter o ingresso incluído, mas por conta da pandemia, por ser um ano atípico, o que não ocorreu em 2019, a Conmebol ainda não divulgou nenhuma programação, mas deve acontecer agora, com a definição dos finalistas. Nossa ideia é oferecer a venda de ingressos para todos os clientes, já que a gente negocia com a empresa FCDiez , que recebe os ingressos direto da Conmebol", destacou João Paulo Fernandez, sócio da Turista FC. O voo da empresa sairá no dia 26 de São Paulo e tem volta programada dois dias depois. O valor varia de 6 x de R$1.267,00, em apartamento com três pessoas, e 6 x de R$1.697,00, para quarto individual. 

Quem preferir comprar fora de agência de turismo, deve observar os voos diários para o Uruguai das empresas que fazem este percurso. Atualmente, o país liberou a entrada de brasileiros desde que completamente vacinados.

Apesar de estar sediada no Rio de Janeiro, a Turista FC já vendeu pacotes para atleticanos e palmeirenses. "A gente até batizou o pacote de torcida brasileira para atender a todas as torcidas. A gente tem como objetivo não vincular a uma torcida, mas levar pessoas para experiências no esporte, trabalhamos com clientes desvinculados a clubes, mas que amam o esporte", disse Fernandez. "Mais flamenguistas compraram porque o time caiu em uma chave menos difícil que a do Atlético, por exemplo, que encarou River, Boca e agora Palmeiras. Isso gerou na torcida do Flamengo uma confiança maior de que o time avançaria", acrescentou.

'Atlético x Flamengo': final dos sonhos

Fabiano, Cristhiano e amigos durante a Copa do Mundo da Rússia
foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fabiano, Cristhiano e amigos durante a Copa do Mundo da Rússia



Para quem cresceu nos anos 1980 com a rivalidade ente Atlético e  Flamengo , nada melhor do que a possibilidade de acompanhar o reencontro de dois dos maiores clubes do país. É isso que espera Fabiano de Castro. O  Flamengo venceu o Barcelona, por 2 a 0 , no Maracanã, na última quarta-feira, e pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta, no Equador, que avança à final da Copa Libertadores.

"Atlético x Flamengo é, com certeza, a final que eu espero. Quando era criança, a rivalidade nos anos 1980 era Atlético e Flamengo, lembro dos meus tios acompanhando os jogos. Vai ter um gostinho especial. Qualquer atleticano que tenha vivido nos anos 1980 carrega um sentimento de injustiça por causa do que ocorreu na Copa Libertadores de 1981", disse.

Após decidirem o Campeonato Brasileiro de 1980, com vitória do Flamengo por 3 a 2 sobre o Atlético, no Maracanã, os dois clubes voltaram a se enfrentar no ano seguinte pela Copa Libertadores. Na primeira fase, resultados iguais no Mineirão e no Maracanã, 2 a 2.

Na ocasião, mineiros e cariocas ficaram empatados em números de pontos pelo Grupo 3. O antigo regulamento da competição previa vaga à fase final apenas ao campeão de cada chave. Dessa forma, um jogo extra, em uma cidade neutra (Goiânia), teve que ser realizado.

Imagem do jogo histórico da Libertadores entre Atlético e Flamengo
foto: Jorge Gontijo/EM/D.A Press

Imagem do jogo histórico da Libertadores entre Atlético e Flamengo


Em 21 de agosto de 1981, o Serra Dourada recebeu mais de 70 mil torcedores. A expectativa de uma grande partida - já que Atlético e Flamengo eram a base da Seleção Brasileira - transformou-se em frustração depois de 37 minutos. O árbitro  José Roberto Wright  expulsou cinco jogadores do Galo (Éder, Reinaldo, Palhinha, Chicão e Osmar Guarnelli), encerrando a partida por falta de número mínimo de atletas.


Fabiano espera que desta vez seja diferente: "Se de fato a gente chegar à final, espero uma vitória nem que seja de 1 a 0, gol do goleiro, gol contra. Final não se joga, final se ganha", sentenciou o atleticano.

Compartilhe