Copa do Mundo

HISTÓRIA DAS COPAS

1982 - Espanha

Brasil de Telê Santana não chegou tão longe, mas encantou o mundo

postado em 23/04/2018 21:46 / atualizado em 04/06/2018 14:51

UPI/EFE/Divulgacao - 07/05/1982

O Mundial de 1982 foi o primeiro com 24 seleções. Uma delas despertou a atenção de todo mundo. Liderado por Telê Santana, o Brasil de Sócrates, Falcão, Cerezo e Zico não chegou tão longe na competição, mas encantou. A ‘Tragédia de Sarriá’ encerrou o sonho do tetracampeonato na Espanha e deu forças à Itália, que venceu por 3 a 2 e embalou rumo ao título.


Forte defensivamente e com talentosos jogadores no ataque, a Azzurra contou com Dino Zoff, Bruno Conti e o carrasco da Seleção Brasileira Paolo Rossi para conquistar o terceiro mundial. Tudo isso depois de uma primeira fase cambaleante.

A Itália empatou os primeiros três jogos da competição: 0 a 0 contra Polônia e 1 a 1 contra Peru e Camarões. Em seguida, derrotou Argentina por 2 a 1 e Brasil por 3 a 2. Voltou a encarar os poloneses na semifinal. Desta vez, venceu por 2 a 0 e foi à finalíssima justamente contra a Alemanha. No fim das contas, triunfo por 3 a 1 e título garantido.

Momento político

Ao contrário do que ocorrera quatro anos antes, quando o Mundial foi sediado na Argentina em pleno período de ditadura militar, a Copa da Espanha teve menos problemas políticos. O país foi eleito sede do torneio sem grandes dificuldades, especialmente por conta do apoio da Alemanha Ocidental.

O Brasil na Copa

A Seleção dirigida pelo lendário Telê Santana reuniu craques como Waldir Peres, Leandro, Luizinho, Cerezo, Júnior, Sócrates, Zico, Éder, Falcão e cia. Por isso - e por conta do bom futebol apresentado na primeira fase -, era considerada a principal favorita à conquista do título em solo espanhol.

UPI/Divulgacao - 14/06/1982 -


Faltava, entretanto, combinar com a forte e pragmática Seleção Italiana. O jogo no estádio do Sarriá, em Barcelona, terminou com triunfo europeu por 3 a 2. O Brasil, que precisava apenas de um empate para ir à semifinal, sucumbiu ao forte jogo coletivo do adversário e não evitou aquela que é chamada a ‘Tragédia de Sarriá’.

UPI/EFE/Divulgacao - 07/05/1982


Assista a documentário italiano sobre o duelo com os brasileiros em 1982:


POSIÇÕES

Campeão: Itália
Vice: Alemanha
3º lugar: Polônia
4º lugar: França
Posição do Brasil: 5º lugar

Artilheiro da edição: Paolo Rossi (Itália), com seis gols

TRAJETÓRIA DO CAMPEÃO

Primeira fase
Itália 0 x 0 Polônia
Itália 1 x 1 Peru
Camarões 1 x 1 Itália

Segunda fase
Itália 2 x 1 Argentina
Brasil 2 x 3 Itália

Semifinal
Polônia 0 x 2 Itália

Final
Itália 3 x 1 Alemanha

TRAJETÓRIA DO BRASIL

Primeira fase
Brasil 2 x 1 URSS
Escócia 1 x 4 Brasil
Brasil 4 x 0 Nova Zelândia

Segunda fase
Argentina 1 x 3 Brasil
Brasil 2 x 3 Itália

Tags: 1982 brasil copa telê