América

AMÉRICA

América terá selo especial na camisa, como primeiro clube carbono neutro do Brasil

Clube compensou toda emissão de carbono em seus jogos como mandante em 2018

postado em 18/08/2018 11:30

Daniel Hott / Divulgação
O América terá uma novidade em sua camisa, já na partida contra o Fluminense, neste domingo, às 19h, no Independência, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube passa a ostentar, no seu uniforme, um selo Carbon Neutral, chancelado pela SaveCerrado, que certifica a compensação de todo o carbono emitido nos jogos dos quais foi mandante em 2018.

Assim, o Coelho concretiza um dos primeiros objetivos de sua parceria com a SaveCerrado, que começou em julho, e torna-se o primeiro clube carbono neutro do Brasil. A neutralização do carbono emitido é feita com a preservação de uma área de 80 mil m², localizada em Bonito de Minas (MG). O território passa a carregar o nome do América e será protegido pela SaveCerrado em nome do clube, que promoverá o desenvolvimento de ações sustentáveis na região.

“Desde que lançamos nossa parceria com a SaveCerrado, tínhamos claro o objetivo de fazer do América o primeiro clube carbono neutro do Brasil. Entendemos que o trabalho de sustentabilidade deve ser uma das premissas de nossa atuação. Estamos muito contentes por receber o selo Carbon Neutral, mas sabemos que essa parceria está apenas no começo. Temos outras grandes metas de sustentabilidade pela frente”, frisou Erley Lemos, diretor de marketing e negócios do América.

Os cálculos de levantamento das emissões de carbono foram feitos pela Trilho Ambiental, empresa referência em licenciamento ambiental e sustentabilidade. Este inventário será submetido a uma certificação de terceira parte. Foram levados em conta as emissões das operações de todos os 18 jogos do Coelho como mandante em 2018, incluindo a partida deste domingo.

Do outro lado


Adversário do América neste domingo, o Fluminense também atua na sustentabilidade. O clube carioca tem parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, o que faz com que dois dos maiores biomas brasileiros sejam representados em campo. Por isso, o confronto contará com a participação da FSC Brasil - Conselho de Gestão Florestal. Aline Tristão, Diretora Executiva da entidade, estará presente no Independência e vai entregar aos clubes placas para celebrar o apoio a ações sustentáveis. A peça é produzida com madeira certificada.