América

AMÉRICA

Felipe Conceição diz que América controlava jogo até sofrer primeiro gol do Paraná: 'Infelizmente no futebol acontece isso'

Coelho perdeu em casa por 2 a 0 e se distanciou do G4 da Série B

postado em 05/11/2019 23:15 / atualizado em 05/11/2019 23:46

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM D.A Press)</i>
O técnico Felipe Conceição considerou positiva a atuação do América em grande parte do jogo contra o Paraná, nesta terça-feira, no Independência, pela 33ª rodada da Série B. Segundo ele, o time controlava as ações até sofrer o primeiro gol, aos 30’ da etapa final, em finalização do volante Fernando Neto. Aos 39’, o atacante Jenison, em lance de contra-ataque, marcou o segundo gol paranista e deu números finais ao placar: 2 a 0.

“Futebol é desses esportes que você domina o jogo, e o adversário, que parece que não tem mais força, arruma uma boa jogada, com mérito, para fazer o primeiro gol. A partir dali era tudo ou nada, pelo momento que a gente vive, de tentar ao menos pontuar em casa, e aí perder de um ou dois dá no mesmo”, analisou Conceição.

“Sou muito focado no desempenho. Fizemos um bom jogo, construímos muitas chances de gol no primeiro tempo e não aproveitamos. O segundo tempo estava controlado também, trabalhando de um lado para o outro, até o primeiro gol. Aí você tem que arriscar um pouco, mudar algumas peças e colocar mais gente na área para vencer. Você consegue ter um tipo de efeito maior, porém tomamos o segundo. Infelizmente no futebol acontece isso, mas não estou preocupado com o lado emocional, e sim com o Londrina”, complementou.

Segundo o Footstats, o América terminou a partida com 19 finalizações, enquanto o Paraná chutou a gol sete vezes. O time mineiro também teve vantagem na posse de bola (52,8% a 47,2%) e em número de passes certos (334 a 230), porém viu o adversário ser mais eficiente e garantir um bom resultado em Belo Horizonte.

“Não conseguimos criar tantas chances claras, mas imprimimos o mesmo ritmo. Tanto que até o gol do Paraná o Airton não havia feito uma defesa no jogo. A partir do primeiro gol, sim, ficou um jogo mais aberto. E você precisa buscar o empate de qualquer maneira, pois está jogando em casa e próximo ao G4. Dentro do jogo, foi normal. Acho que controlamos o jogo todo, e eles foram eficientes nas chances que tiveram”, comentou Felipe Conceição.

Derrotado em casa, o América permaneceu com 49 pontos e caiu para a sexta posição. O novo quinto colocado é justamente o Paraná, com 50, a três do Coritiba, que está em quarto. A missão do Coelho é buscar a recuperação longe de seus domínios. Na sexta-feira, às 20h30, haverá duelo com o Londrina, no Estádio do Café, em Londrina-PR, pela 34ª rodada. Na segunda-feira seguinte, às 22h (de Brasília), será a vez de encarar o Cuiabá, na Arena Pantanal, em Cuiabá-MT.

“Falei para o grupo no fim que a gente vai ter que buscar fora os pontos que perdemos em casa. Vai ter que ter força, cabeça no lugar, virar a chave. Não adianta ficar remoendo derrota. É pensar no Londrina para que a gente faça um bom jogo. A filosofia é a mesma, de jogar para vencer em casa e fora. E às vezes acontece uma derrota”, encerrou Felipe Conceição.

Tags: América Coelho Felipe Conceição interiormg seriea