América

AMÉRICA

Paraná repete 2018 e volta a ser 'pedra no sapato' do América no Independência

Um ano depois de complicar permanência do Coelho na Série A, time paranista dificulta sonho do clube mineiro de retornar à elite nacional

postado em 05/11/2019 23:40 / atualizado em 06/11/2019 00:37

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM D.A Press)</i>
O América se complicou na briga pelo acesso à primeira divisão ao perder para o Paraná por 2 a 0, nesta terça-feira, no Independência, pela 33ª rodada da Série B. O revés em casa fez o time cair ao sexto lugar, com 49 pontos, enquanto o adversário subiu para quinto, com 50. Agora, a distância do Coelho para o Coritiba, quarto colocado (53), é de quatro pontos.


O revés naquela partida determinou a demissão do técnico Adilson Batista. O América, por sua vez, estacionou na 19ª posição, com 34 pontos, e perdeu a chance de ‘embolar’ a luta contra o rebaixamento. O Ceará, 14º, contabilizava 38 pontos, enquanto a Chapecoense, 17ª, tinha 37. No fim do Brasileiro, o Coelho acabou rebaixado em 18º lugar, com 40 pontos. O Paraná foi lanterna, com 23.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o lateral-esquerdo João Paulo lamentou o tropeço, porém demonstrou ainda ter confiança no acesso. “Tivemos muitas chances, até no início do segundo tempo também. Numa bobeada, tomamos o gol. Nos precipitamos em sair para buscar o empate, acabamos levando o segundo e ficou difícil. Corremos atrás, lutamos, mas, infelizmente, pedimos desculpas ao torcedor. A expectativa deles é a nossa também. É levantar a cabeça, ainda há cinco jogos. Para um grupo que demonstrou força de sair da zona de rebaixamento e chegar ao G4 nada é impossível. Para Deus nada é impossível. Vamos acreditar até o final”.

O goleiro Airton afirmou que o Paraná conseguiu ser efetivo nas poucas oportunidades criadas. “Martelamos, martelamos, martelamos e não conseguimos fazer o gol. E eles foram efetivos. Em três bolas, fizeram dois gols. Fica esse gostinho amargo. Mas não estamos mortos. Saímos de cabeça erguida e vamos buscar fora de casa agora. O campeonato segue”.

O tropeço no Horto quebrou sequência de dez partidas de invencibilidade do América como mandante na Série B (oito vitórias e dois empates). A missão é buscar a reabilitação longe de casa, diante do Londrina, às 20h30 de sexta-feira, no Estádio do Café, em Londrina-PR. Já o Paraná receberá o Vitória, às 19h15 de sexta-feira, na Vila Capanema, em Curitiba.

Tags: América Independência futnacional interiormg seriea