América

AMÉRICA

Elenco do América terá licença remunerada a partir de segunda; feminino e base terão contratos suspensos

Clube vai complementar renda de funcionários que receberem o auxílio emergencial do Governo Federal

postado em 02/05/2020 12:23 / atualizado em 02/05/2020 13:48

(Foto: João Zebral / América)

O América definiu a situação financeira do clube para a sequência da pausa em função da pandemia do novo coronavírus. Enquanto o retorno das atividades não for confirmado, os jogadores do elenco estarão em licença remunerada.

O clube vai continuar pagando normalmente o salário dos jogadores. No entanto, os direitos de imagem dos atletas (que corresponde a uma parte dos vencimentos) estão suspensos no período. A mudança começou em março para o elenco alviverde.

As mudanças maiores aconteceram em outros setores do clube. O time feminino, as equipes de base e funcionários do setor administrativo tiveram suspensão dos contratos com base na MP 936. O clube adotou a postura como uma forma de manter os empregos.

Durante o período, o clube vai complementar a renda oferecida pelo governo para chegar ao valor líquido que esses funcionários recebem mensalmente.

As atletas do time feminino receberam um comunicado nessa sexta-feira (1º de maio) informando que o clube pagará ajuda compensatória. Entretanto, o valor varia de acordo com o colaborador.

O América ainda informa no comunicado que avisará ao “Sindicato e órgãos competentes para que o Governo efetue o pagamento do benefício emergencial”.

Procurado pelo Superesportes, o América informou que a mudança não foi imposta. A suspensão foi uma proposta feita aos funcionários, que decidiram pelo acordo.

Tags: coelho salários americamg coronavírus futebolfeminino futfeminino time feminino