América

CAMPEONATO MINEIRO

Com titulares no segundo tempo, América vence em estreia no Mineiro

Coelho inicia temporada com triunfo magro sobre o Boa Esporte

postado em 27/02/2021 20:52 / atualizado em 27/02/2021 22:53

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/DAPress)


O América estreou com vitória magra no Campeonato Mineiro e na temporada de 2021. Com um time alternativo, deixando titulares no banco, o Coelho fez o suficiente para bater o Boa Esporte por 1 a 0, na noite deste sábado, no Independência. Alê, que assim como outras peças importantes, entrou no segundo tempo e fez o gol do triunfo alviverde.

O América preservou titulares, até para abrir espaço a jovens em busca de um lugar no grupo que disputará a Copa do Brasil e a Série A do Brasileiro. Mas o Coelho teve dificuldade na etapa inicial, com muitos erros de passe, e só melhorou com a utilização de jogadores importantes na temporada passada, como o armador Alê, o lateral-esquerdo João Paulo e os atacantes Rodolfo e Ademir. 

De qualquer forma, apesar do placar magro e da atuação irregular, o América começou a temporada de 2021 com vitória e já no topo da classificação do Mineiro. O próximo compromisso do Coelho será diante do Athletic, quarta-feira que vem, às 19h15, em Juiz de Fora. Na mesma data, o Boa Esporte receberá o Pouso Alegre no Estádio Melão, em Varginha, às 19h.


O JOGO 


Com um time bem alterado, mesclado com jovens e remanescentes da Série B, mas sem os titulares, o América teve dificuldade no primeiro tempo. Sem entrosamento e com pouca coordenação ofensiva, o Coelho ainda pecou pela lentidão na transição entre defesa e ataque. O Boa adotou postura defensiva e arriscou subidas pelas laterais. O nível técnico, no entanto, deixou muito a desejar dos dois lados.

O América errou muitos passes e sentiu ausência de um articulador. O experiente Marcelo Toscano até tentou fazer esse papel, recuou para buscar a bola, mas não encontrou sintonia dos companheiros. O Boa, seguindo as orientações do técnico Ariel Mamede, que gritou muito à beira do campo, chegou com perigo duas vezes. Na primeira, aos 16, Fabinho dominou na área, mas furou na hora de concluir. Depois, aos 23, Matheus Muller aproveitou rebote de Airton em chute de Escuro, só que o lance foi invalidado por causa de impedimento. 

O América teve a melhor - e única - chance com Leo Passos, aos 26. Ele dominou na entrada da área e soltou a bomba, mas a bola explodiu no travessão. O Coelho não contou nem mesmo com o técnico Lisca, que foi ao Independência e ficou no banco, mas deixou a tarefa de orientar o time no primeiro tempo com o auxiliar, Cauan de Almeida.

TITULARES DE VOLTA 


A atuação apática do América serviu como alerta para a etapa final. Tanto que o técnico Lisca 'reassumiu' a função de liderar o time na beira do campo e fez logo duas alterações. E elas foram decisivas para a abertura do placar. Logo a 1min, João Paulo, que ocupou o lugar de Lucas Luan, cruzou da esquerda e Alê, de volta na vaga de Vitão, apareceu livre na área para tocar de cabeça: 1 a 0

O gol deu um pouco mais de tranquilidade ao Coelho, mas o Boa assustou em dois lances seguidos de Jefferson. No primeiro, ele desviou na trave, após vacilo de Bauermann. Depois, no rebote, chutou para defesa de Airton. Lisca queria liquidar logo a partida e fez outra alteração, com Rodolfo na vaga de Carlos Alberto. O Coelho pressionou mais na saída de bola e assustou em lances de Marcelo Toscano e Leo Passos.

Depois dos 20min, o América tomou conta das ações, enquanto o Boa deu sinais de desgaste e caiu de produção. O Coelho passou a usar como arma as jogadas pelos lados, até pela dificuldade do adversário na marcação. Mas o time alviverde não estava bem compactado entre os setores. Os visitantes arriscaram um pouco mais no fim, apostando em uma bola isolada para empatar. Entretanto, melhor para os comandados de Lisca. 


AMÉRICA 1 x 0 BOA ESPORTE


AMÉRICA
Airton; Leo Gomes, Ricardo Silva, Eduardo Bauermann e Lucas Luan (João Paulo); Flávio, Marcelo Toscano e Gustavinho (Ademir); Léo Passos (Zé Ricardo), Carlos Alberto (Rodolfo) e Vitão (Alê)
Técnico: Lisca

BOA ESPORTE
Halls; Yuri Ferraz, Admilton, Alex Alves, Matheus Muller (Carlos Henrique); Escuro (Rodrigo Ancheta), Leo Coca, Dieguinho e Rafael Chaves (Nicholas); Jefferson e Fabinho (Diego Ceará)
Técnico: Ariel Mamede

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: sábado, 27 de fevereiro de 2021
Local: Estádio Independência, em BH
Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira
Assistentes: Magno Arantes Lira e Marcyano da Silva Vicente
GOL: Alê, a 1min do 2ºT
Cartões amarelos: Vitão, Flávio (América); Yuri Ferraz (Boa)

Tags: américa Coelho interiormg boa esporte Independência mineiro2021