Atlético

ATLÉTICO

Após assistência e desabafo, Geuvânio é elogiado por técnico do Atlético: 'Tem a cara do Galo'

Atacante fez sua quinta partida pelo alvinegro e é um dos destaques do time

postado em 28/04/2019 15:55 / atualizado em 28/04/2019 16:34

<i>(Foto: Bruno Cantini / Atlético)</i>
Com apenas cinco jogos vestindo a camisa do Atlético, Geuvânio já aparece como um dos destaques do time. Na estreia do Galo no Campeonato Brasileiro, novamente o atacante teve boa atuação, participando das jogadas dos dois gols atleticanos e foi bastante elogiado pelo técnico Rodrigo Santana. 

“É um cara muito agudo. E eu falei, ‘Geuvânio, você precisa explorar isso’. Porque são poucos jogadores que rompem a linha com a bola. Muitos acertam o passe ali por dentro da linha. A jogada do segundo gol foi dele. Ele rompeu no meio de dois jogadores com uma velocidade incrível. É um jogador muito agudo que ainda sente a falta de ritmo, mas é um cara que ainda vai crescer e ajudar muito o Galo. Ele tem a cara, tem o DNA do Galo. Tem vontade, chama a responsabilidade, não foge do jogo. Mesmo estando abaixo fisicamente. É um cara que vai nos ajudar muito, vai crescer muito”, afirmou o treinador do Atlético. 

Geuvânio permaneceu em campo durante os 90 minutos. Porém, ainda fora de sua condição física ideal, o atacante deixou o campo extenuado, o que também foi ressaltado pelo técnico Rodrigo Santana. “Eu estava conversando com ele ainda agora. Ele tava sentado até agora. Não tinha força ainda de tirar a roupa para tomar um banho, de tão cansado que ele tava. Porque ele ajudou a marcar também.”

<i>(Foto: Leandro Couri/EM/D.A PRESS )</i>

Atuação e desabafo

Geuvânio se destacou atuando pelo lado direito do ataque atleticano e construiu boas jogadas junto com Guga e Luan. 

Aos 44’ do primeiro tempo, mostrou empenho ao disputar uma bola com o lateral Paulinho, do Avaí, próximo da linha de fundo. A bola sobrou para Ricardo Oliveira e o mesmo Paulinho fez pênalti no centroavante do Galo.

No segundo tempo, quando a partida estava empatada, Geuvânio construiu nova jogada de ataque para o Atlético. Ele driblou dois marcadores e rolou rasteiro para Ricardo Oliveira, que bem posicionado empurrou para as redes de pé direito, marcando o gol da vitória.

Na comemoração, Geuvânio se dirigiu à arquibancada em tom de desabafo, respondendo aos protestos feitos pela torcida durante a semana e no dia do jogo. Porém, o atacante foi contido pelo experiente ‘Pastor’.

Trrajetória

O sergipano Geuvânio tem 26 anos e chegou ao Atlético em março deste ano, vindo do Tianjin Tianhai, da China. Formado nas categorias de base do Santos, o meia-atacante se destacou nas temporadas 2014 e 2015, marcando 24 gols em 103 partidas. Em janeiro de 2016, se transferiu para a China, retornando ao Brasil no ano seguinte, emprestado ao Flamengo. Porém, não conseguiu repetir na Gávea as boas atuações da época do Santos e deixou o Flamengo com apenas três gols em 41 jogos.

No Atlético, foram cinco jogos e um gol marcado. O atacante balançou as redes em sua segunda partida com a camisa do Galo, na vitória por 5 a 0 sobre o Boa, no jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro de 2019.

Tags: seriea atleticomg geuvanio galo rodrigo santana interiormg