Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Atlético joga mal, perde para o lanterna Avaí e chega à sexta derrota seguida no Brasileiro

Galo atuou com time alternativo e perdeu por 1 a 0 em Florianópolis

postado em 23/09/2019 21:59 / atualizado em 23/09/2019 23:56

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético)</i>

Atlético segue em queda livre no Campeonato Brasileiro. Na noite desta segunda-feira, o alvinegro, com time alternativo, foi derrotado pelo lanterna Avaí, e chegou ao sexto revés consecutivo na competição nacional. O time catarinense venceu por 1 a 0, gol de Jonathan, ainda no primeiro tempo. 

Essa é a pior sequência do Atlético em sua história nos pontos corridos. Antes do jogo contra o Avaí, o time alvinegro foi derrotado por Athletico-PR (1 a 0), Bahia (1 a 0), Corinthians (1 a 0), Botafogo (2 a 1) e Internacional (3 a 1). Por outro lado, o time catarinense venceu a primeira em casa no Campeonato Brasileiro.

O Atlético segue na décima posição da Série A, com 27 pontos. Já são oito pontos a menos do que o São Paulo, última equipe que ocupa posição no G6. O Avaí, com a vitória, deixou a lanterna do Brasileiro para a Chapecoense. O time catarinense soma agora 16 pontos. 

O Atlético volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h30, contra o Colón, da Argentina, no Mineirão. O Galo tenta a reviravolta para chegar à final da Copa Sul-Americana.

Já no Campeonato Brasileiro, o Galo jogará no domingo, dia 29, contra o Ceará, às 19h, no Independência. Já o Avaí entra em campo na quinta-feira, às 20h, contra o Grêmio, em Porto Alegre.

O jogo

O técnico Rodrigo Santana escalou o Atlético com apenas três titulares para o duelo contra o Avaí: Cleiton, Igor Rabello e Cazares. A estratégia foi poupar os principais jogadores para o jogo contra o Colón pela Sul-Americana

Com desentrosamento visível, o time reserva teve muitas dificuldades para jogar. O lado esquerdo da defesa não funcionou. Leonardo Silva foi muito mal na etapa inicial, assim como o uruguaio Lucas Hernández, dono de seis passes errados no primeiro tempo. A saída de bola com Ramón Martínez e Nathan foi ineficaz, assim como o trio formado por Geuvânio, Cazares e Bruninho, todos pouco efetivos.

Mesmo com todos esses problemas, o jogo começou equilibrado. As duas equipes tiveram chances de marcar: Jonathan e Lourenço levaram perigo a Cleiton. Geuvânio e Ramón Martínez assustaram Vladimir. Se com a bola rolando estava complicado furar o sistema defensivo, o jeito foi utilizar a bola parada. Após escanteio e desvio na primeira trave, Jonathan finalizou duas vezes para vencer o lateral Lucas Hernández e abrir o placar: 1 a 0.

Pouco depois, o lateral-esquerdo do Galo errou e Jonathan quase ampliou. Na sequência, Leonardo Silva cometeu pênalti bobo no centroavante do Avaí. Na cobrança, Pedro Castro chutou no canto esquerdo de Cleiton, que pulou para defender e salvar o Atlético.

No fim da etapa inicial, o Atlético seguiu com dificuldades para furar o bloqueio do Avaí, que estava com todos os jogadores no campo defensivo. Na única boa jogada, Guga recebeu e cruzou rasteiro para Nathan, que finalizou em cima do defensor.

O Atlético começou a etapa final com dificuldades. Aos poucos, a equipe conseguiu achar espaços e criar jogadas. Geuvânio foi quem mais levou perigo. Após tabela com Bruninho, ele obrigou o goleiro Vladimir a fazer grande defesa. 

Rodrigo Santana mexeu na equipe e colocou Luan e Maicon Bolt em campo nas vagas de Bruninho e Alerrandro. O time atleticano melhorou em campo. Luan, em dois chutes de fora da área, levou muito perigo. O alvinegro pressionou até o fim, mas não conseguiu o gol de empate e amargou mais uma derrota na competição. 

AVAÍ 1 X 0 ATLÉTICO

Avaí
Vladimir; Léo, Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Pedro Castro, Matheus Barbosa (João Paulo, aos 27/2°T) e Richard Franco; Caio Paulista, Jonathan e Lourenço (Mosquera, aos 22/2°T)
Técnico: Alberto Valentim

Atlético
Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Igor Rabello e Hernández; Martínez e Nathan; Geuvânio (Luan, aos 17/2°T), Cazares (Otero, aos 33/2°T) e Bruninho (Maicon Bolt, aos 17/2°T); Alerrandro
Técnico: Rodrigo Santana

Gol: Jonathan, aos 26/1°T
Cartões amarelos: Leonardo Silva, aos 32/1°T; Léo, aos 34/1°T; Lourenço, aos 22/2°T; Ricardo, aos 49/2°T

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Ressacada, em Florianópolis
Público: 7.463
Renda: R$ 153.583,00
Data e horário: segunda-feira, 23 de setembro, às 20h
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Jean Márcio dos Santos (RN)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves (RN)

Tags: atlético galo interiormg seriea avai avaisc derrota