Atlético

ATLÉTICO

Fábio Santos avalia busca do Atlético por outro lateral-esquerdo e aprova Arana: 'Meu filho'

Veterano exalta trabalhou com jogador de 22 anos no Corinthians

postado em 20/01/2020 10:57 / atualizado em 20/01/2020 13:42

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)
Alvo de críticas da torcida em 2019, Fábio Santos analisou a possibilidade de o Atlético reforçar a lateral esquerda para esta temporada. O experiente jogador disse entender as cobranças e deu aval para uma eventual contratação para o setor.


“Encaro de forma natural. Não é a primeira temporada que isso acontece. Sempre se falam em nomes e contratações. Na minha posição acontece até mais que o normal, mas encaro numa boa. Mas é natural. Meu trabalho não vai mudar por causa disso. Vou querer jogar a maioria dos jogos. É óbvio que eleva o nível do grupo e ajuda a todos os jogadores. Estou com 34 anos, e fazer 60 jogos toda a temporada não é legal esse tipo de exposição. Uma hora ou outra você vai cansar e vai deixar de fazer o seu melhor, mesmo tentando ajudar a equipe. Eles estão tentando fazer essa contratação. Acredito que vai ser uma boa não só na minha como nas outras posições. Se contarem comigo em todos os jogos, ou metade deles, podem contar comigo”, comentou o lateral-esquerdo, em entrevista coletiva na Cidade do Galo, nesta segunda-feira. 

Fábio Santos admitiu que o desempenho irregular na temporada passada, mas destacou os números individuais. Mesmo com a busca da diretoria por outro jogador da posição, o lateral ressaltou que continua se sentindo valorizado no clube. 

”Você sente nos bastidores como as pessoas contam com seu trabalho ou não. Eu sempre me senti valorizado no Atlético. Sinto que as pessoas gostam de mim e contam com meu trabalho. Faço por merecer, porque sou um cara que trabalho bastante e não fujo das responsabilidades. Acredito que o ano de 2019 não foi ruim só para mim. Foi ruim para o Atlético. Espero que 2020 seja melhor para o Atlético e, isso acontecendo, o individual vai aparecer para todos. Mesmo assim, foram 60 jogos e sete gols. Foi a temporada que mais fiz gols na carreira, além de três ou quatro assistências. Dá para melhorar, e sempre vou buscar melhorar, escutar as críticas e ver como posso crescer. Sou um dos mais experientes e tenho essa consciência de escutar, sempre privilegiando o coletivo”, reiterou.


Para a lateral esquerda, o Atlético mira a contratação de Guilherme Arana,  que pertence ao Sevilla e está emprestado à Atalanta.  Revelado pelo Corinthians, o jogador de 22 anos já trabalhou com Fábio Santos, que o elogiou bastante. O atleticano considerou como 'um filho' o jovem que o sucedeu no clube paulista. 

“Meu filho. É um filho que tenho no futebol. É um cara que eu vi crescer no Corinthians. Ele subiu muito jovem. É um menino super do bem, que escutava bastante e tinha vontade de aprender. Foi bem no Corinthians e foi vendido. Ainda não conseguiu se firmar na Europa, mas tem talento e competência para isso. Não falei com ele sobre isso, para falar a verdade. Mas é um cara que vai nos ajudar muito. É um jogador muito bom, muito bom mesmo. Se vier, ele vai fortalecer a nossa equipe. No dia a dia, é um cara muito profissional. Se a contratação der certo, ele vai nos ajudar muito”, concluiu. 

Fábio Santos chegou ao Atlético em junho de 2016. Pelo clube, conquistou o Campeonato Mineiro de 2017 e marcou 18 gols em 203 partidas. O lateral tem contrato com o Galo até o fim deste ano. No início da temporada, o veterano 

Tags: atlético interiormg fábio santos guilherme arana