Atlético

ATLÉTICO

Savarino diz que elenco do Atlético está 'tranquilo' para trabalhar mesmo com salários atrasados

Atacante preferiu não se aprofundar no tema, mas garantiu que jogadores estão dispostos a manter a equipe na parte de cima da tabela do Brasileirão

postado em 16/09/2020 09:47 / atualizado em 16/09/2020 14:04

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)

Nesta semana, as cobranças do técnico Jorge Sampaoli para que a diretoria pague os salários atrasados dos jogadores agitaram os bastidores do Atlético. Questionado sobre as pendências financeiras, o atacante Jefferson Savarino preferiu não se aprofundar na resposta sobre o tema, mas garantiu que o elenco alvinegro está "tranquilo" para seguir o trabalho.



"Sobre o salário, a verdade é que eu conheço os meus companheiros e nós sempre vamos treinar da melhor maneira, sempre vamos dar o máximo, seja nos treinos ou nos jogos. Penso que sempre há coisas para melhorar, mas em cada jogo vamos fazer o melhor. Eu conheço os meus companheiros, e eles estão muito tranquilos para seguir dando o melhor para continuar na parte de cima da tabela", resumiu.

Nessa terça-feira, o jornalista Heverton Guimarães, da Rádio 98FM, afirmou que Sampaoli deu um ultimato à diretoria alvinegra e ameaçou deixar o clube em dezembro caso os salários do elenco não forem quitados em dia. O diretor de futebol Alexandre Mattos comentou as cobranças do treinador e admitiu que a situação financeira do Atlético não é das melhores, mas garantiu que os vencimentos serão pagos em breve.

“O Atlético vive uma situação financeira delicadíssima, isso não é segredo para ninguém. Com a pandemia, isso 'otimizou' e ficou mais difícil ainda. O Sampaoli veio para cá, o que também não é segredo, com algumas situações definidas de salário em dia, de possibilidade de montar elenco forte para tentar títulos. Isso tudo nós estamos conseguindo fazer com um esforço hercúleo. O Atlético tem uma proximidade desses vencimentos em dia”, garantiu, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Ao falar sobre a possibilidade de perder Jorge Sampaoli, o dirigente foi contraditório. Mattos garantiu que o treinador seguirá no Atlético até o fim do contrato - que vai até dezembro de 2021 -, porém afirmou que “qualquer profissional tem o direito de sair ou ficar”.

“O Sampaoli tem contrato, vai cumprir o contrato. Vamos tentar ser campeões. Lá no futuro, a gente precisa alinhar algumas coisas em conjunto e, aí sim, definir as situações. Qualquer profissional tem o direito de sair ou de ficar onde está. Ele tem contrato exatamente por isso. Não é o caso imediato", frisou.

Tags: galo salario atleticomg interiormg futnacional sampaoli seriea savarino