Atlético

COPA DO BRASIL

Atlético recebe Fortaleza e inicia disputa na semifinal da Copa do Brasil

Times se encontram no Mineirão nesta quarta-feira, a partir das 21h30

postado em 20/10/2021 04:00 / atualizado em 20/10/2021 09:52

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
Raros foram os times que conseguiram derrotar o  Atlético  fora de casa nos últimos tempos. Nesta temporada, apenas um conseguiu: o Fortaleza, adversário da noite desta quarta-feira. No Mineirão, os comandados do técnico Cuca terão a oportunidade de se vingar do revés por 2 a 1 na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, em 30 de maio. Mais do que isso, podem abrir vantagem na semifinal da Copa do Brasil. A bola rola às 21h30.

No reencontro com o time do argentino Juan Pablo Vojvoda em Belo Horizonte após quase cinco meses, o Atlético tem outra cara. A equipe alvinegra ganhou confiança, lidera o Campeonato Brasileiro e acumulou 17 jogos de invencibilidade (11 vitórias e seis empates) até a  derrota por 2 a 1 para o Atlético-GO , nesse domingo, em Goiânia.

Porém, apesar do embalo dos últimos meses, o revés na 27ª rodada do Brasileirão acendeu o sinal de alerta de um time que ganhou só metade dos dez compromissos mais recentes. A expectativa pela recuperação já nesta quarta-feira passa em grande parte pelos excelentes números em casa. Nesta temporada, são 29 jogos como mandante, com 23 vitórias, cinco empates e só uma derrota - impressionantes 85% de aproveitamento.

Na Copa do Brasil, o bom desempenho em casa embalou a classificação do Atlético contra o Bahia nas oitavas de final. No Mineirão, vitória por 2 a 0; fora de casa, revés por 2 a 1. Depois, o time venceu o Fluminense por 2 a 1 no Rio de Janeiro na ida. Em Belo Horizonte, garantiu vaga na semifinal com novo triunfo: 1 a 0. A estreia, na terceira fase, foi com dois bons resultados diante do Remo (2 a 0 fora e 2 a 1 em casa). 

Quem joga?


O técnico Cuca deve manter a base do time que mandou a campo na derrota do fim de semana. Porém, pelo menos uma mudança é certa. Por já ter disputado a Copa do Brasil pelo Atlético-GO, o zagueiro Nathan Silva não pode jogar. Réver e Igor Rabello disputam a vaga para atuar ao lado de Junior Alonso na defesa.

No meio-campo, Jair pode retomar a titularidade no lugar de Tchê Tchê, que ganhou oportunidade na última partida, mas teve falha decisiva no gol de empate adversário ao errar na saída de bola. O quarteto deve ser completo com Allan, Matías Zaracho e  Nacho Fernández .

O 'Cérebro' deve ser mantido no time pela segunda partida consecutiva após ter sido poupado no primeiro tempo de dois jogos. O argentino, aliás, projetou o duelo com o Fortaleza. "Nas partidas de mata-mata, qualquer erro pode te deixar de fora de uma final. Temos que estar concentrados, tratar de fazer uma boa partida aqui em casa, conseguir um gol rápido para poder controlar a partida", disse.

Cuca não deve mexer no ataque, que teve Keno e Hulk na última partida. Recuperados de lesões,  Diego Costa, Jefferson Savarino e Eduardo Vargas  ainda não têm condições de suportar 90 minutos e provavelmente iniciarão o jogo no banco. O lateral-direito Mariano, com pubalgia, segue fora e será substituído por Guga.

O adversário


O Fortaleza vive uma temporada histórica. Campeão estadual, o time chegou à semifinal da Copa do Brasil pela primeira vez. Pelo caminho - iniciado ainda na primeira fase -, eliminou Caxias, Ypiranga-RS, o arquirrival Ceará, CRB e São Paulo. No Brasileirão, a campanha também é de saltar os olhos. Com investimento muito menor, a equipe é "intrusa" no G4 que conta com os ricos Atlético, Flamengo e Palmeiras.

"A gente pensa em chegar à final. A gente vem fazendo uma grande campanha na Copa do Brasil e no Brasileiro. Temos totais condições, é um jogo aberto. A gente sabe da força das duas equipes, é uma semifinal bastante disputada. Temos a força da nossa torcida para decidir em casa. Não se decide somente nos 90 minutos. Tem o jogo da volta. A gente está bem preparado, focado e muito confiante para conseguir a classificação", projetou o meia  Lucas Crispim , que atua como ala na formação com três zagueiros.

Para o jogo desta quarta-feira, o Fortaleza tem  três desfalques importantes . Peça fundamental do sistema defensivo, o zagueiro Marcelo Benevenuto não pode defender o time na Copa do Brasil por já ter atuado na competição pelo Botafogo. Com isso, o volante Matheus Jussa deve ser deslocado para a zaga.

No meio-campo, o reserva Lucas Lima, que já disputou o torneio pelo Palmeiras, também está fora. À frente, o atacante David, ex-Cruzeiro, cumprirá suspensão por acúmulo de três cartões amarelos. São várias as opções para os dois lugares no setor, como Wellington Paulista, Romarinho, Robson e o ex-atleticano Edinho, por exemplo.

ATLÉTICO X FORTALEZA


Atlético
Everson; Guga, Réver (Igor Rabello), Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Tchê Tchê), Matías Zaracho e Nacho Fernández; Keno e Hulk
Técnico : Cuca

Fortaleza
Felipe Alves; Tinga, Titi, Jussa (Bruno Melo); Pikachu, Éderson, Felipe (Ronald), Matheus Vargas (Jussa) e Lucas Crispim; Romarinho e Robson (Edinho)
Técnico : Juan Pablo Vojvoda

Motivo : jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil
Local : Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário : quarta-feira, 20 de outubro de 2021, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro : Bráulio da Silva Machado (Fifa/SC)
Assistentes : Kléber Lúcio Gil (Fifa/SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR : Wagner Reway (Fifa/PB)

Tags: galo copadobrasil atleticomg interiormg futnacional seriea fortalezace