América

SÉRIE B

Terceiro revés seguido assusta time do Coelho, que promete reação após a Copa

Nesta terça, América levou gol nos acréscimos e perdeu para a Portuguesa, por 2 a 1

postado em 03/06/2014 21:49 / atualizado em 03/06/2014 22:27

Rafael Arruda /Superesportes

Carlos Cruz/América FC

Cadê o time que tanto encantou no início da Série B do Brasileiro? Cadê a defesa consistente atenciosa e o ataque poderoso e avassalador? O América voltou a passar longe de tais características. Na noite desta terça-feira, sofreu um duro golpe ao levar, nos acréscimos, o gol de desempate diante da Portuguesa, no Estádio Canindé. Diferentemente das duas derrotas anteriores, contra Atlético-GO e Náutico, o Alviverde até se mostrou superior em determinados momentos do segundo tempo. Contudo, voltou a esbarrar na criatividade aquém da esperada, perdendo por 2 a 1.

Os jogadores tentaram explicar a situação. Já são quatro partidas sem vitória, sendo um empate e três derrotas. Para Renato Santos, não existe um culpado específico. "Isso não pode acontecer com um time que quer chegar e subir. Mas é um erro coletivo, e não individual. Uma fase complicada. Só quem vive sabe. Mas vamos reverter isso daí", afirma o zagueiro. Já Júnior Negão cobra tranquilidade durante a "intertemporada". "Não pode perder assim. Fomos guerreiros, lutamos até o final. Numa desatenção, levamos o gol. Mas não é hora de chorar o leite derramado", salienta o atacante.

O polivalente Pablo, que atuou na lateral direita diante da ausência do suspenso Elsinho, acredita que a paralisação da Copa do Mundo será importante para esfriar a cabeça dos atletas. "Estávamos jogando bem e fomos castigados no final. Agora é descansar a cabeça e voltar bem (depois da Copa). Precisamos reencontrar o caminho das vitórias", comenta o camisa 2. Por sua vez, Willians destaca a união do elenco alviverde, seja em momentos bons ou ruins. "Quando ganha, ganha todo mundo. Quando perde, perde todo mundo. Estamos juntos até o fim", garante o meio-campista.

Depois de liderar a Série B por quatro rodadas consecutivas, o América vê sua vaga no G-4 ameaçada pelos concorrentes. O time estacionou nos 17 pontos, agora com 56,67% de aproveitamento. Joinville e Luverdense, que jogam nesta sexta-feira, têm chances de ultrapassar o Coelho na tabela de classificação. De férias, a delegação americana só volta aos trabalhos em 16 de junho, no CT Lanna Drumond. O próximo compromisso no Brasileiro será diante do Paraná Clube, no dia 15 de julho (terça-feira), no Estádio Independência.

Tags: copa portuguesa seguida derrota américa