Atlético

ATLÉTICO

Levir Culpi adere a protesto da federação de técnicos e apoia Oswaldo de Oliveira

Ex-treinador do Atlético usa faixa em jogo no Japão: 'Somos todos Oswaldo'

postado em 11/02/2018 17:01 / atualizado em 11/02/2018 18:19

Reprodução/Twitter

Atual treinador do Gamba Ozaka, do Japão, Levir Culpi demonstrou apoio a  Oswaldo de Oliveira, demitido do Atlético nessa sexta-feira. Também ex-técnico do Galo, Levir usou uma faixa no braço no amistoso vencido pelo seu time sobre o Urawa Reds, por 3 a 2, em protesto pela forma como o colega de profissão foi desligado do clube.

Em postagem no Twitter, neste domingo, Levir ressaltou o apoio: “Somos todos Oswaldo”, publicou o técnico, que teve a última das cinco passagens pelo Atlético encerrada em 2015.

O protesto pela demissão de Oswaldo foi idealizado pela Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol (FBTF). A entidade planejou que os treinadores usassem uma tarja branca ou preta durante as rodadas dos Estaduais deste fim de semana e fizessem um minuto de silêncio antes das coletivas. O comandante do Cruzeiro, Mano Menezes, também se mostrou solidário a Oswaldo.

Inclusive, o técnico do São Bento, Paulo Roberto Santos, usou tarja preta e cronometrou um minuto antes de iniciar coletiva depois da partida contra o Linense, pelo Campeonato Paulista. “Nós da associação de técnicos nos solidarizamos com o episódio envolvendo o técnico Oswaldo de Oliveira. Só vou iniciar a coletiva após um minuto de silêncio. Peço a compreensão de todos. Foi citado entre nós (treinadores) para que ninguém assumisse o Atlético se fosse procurado. Seguimos o que é decidido por votação. Eu teria coragem em não assumir”, disse Paulo Roberto Santos, um dos líderes da FBTF.

Oswaldo de Oliveira foi demitido do Atlético após empate com o Atlético Acreano na Copa do Brasil. Na coletiva depois da partida, o treinador discutiu com o jornalista Léo Gomide e partiu para cima dele, sendo contido pelo diretor de comunicação do clube, Domenico Bhering. Em quase seis meses de Galo, Oswaldo comandou o time em 20 jogos, com oito vitórias, nove empates e três derrotas. 

Tags: levir culpi oswaldo de oliveira atlético mineiro2018 mercadobola interiormg