Atlético

ATLÉTICO

Atlético apresenta Rui Costa e espera dar fim às trocas na diretoria de futebol

Novo dirigente é quinto no cargo desde a morte de Eduardo Maluf

postado em 12/04/2019 13:39 / atualizado em 12/04/2019 16:03

<i>(Foto: Edesio Ferreira/EM/D.A. Press)</i>

O Atlético apresentou nesta sexta-feira Rui Costa, novo diretor de futebol do clube. O dirigente assinou contrato com o clube alvinegro até o fim de 2020, ano em que se encerra o mandato do presidente Sérgio Sette Câmara. A expectativa do clube é de que o comandante do futebol do clube finde a rotatividade no cargo.

Desde a morte de Eduardo Maluf, em junho de 2017, quatro nomes comandaram o futebol alvinegro: o ex-coordenador das categorias de base, André Figueiredo, o diretor de comunicação, Domenico Bhering, Alexandre Gallo, primeiro dono do cargo na gestão Sette Câmara, e Marques, que estava no cargo e agora será gerente de futebol. O presidente do Atlético deu boas vindas ao novo dirigente.

“Ontem (quinta-feira) passamos todas as informações do currículo dele. Pessoa com vasta experiência, longa passagem como executivo por grandes clubes, Grêmio, Chapecoense, mais recentemente no Athletico Paranaense, campeão sul-americano. E a ideia é fortalecer nosso departamento de futebol. O Rui, com sua experiência, vai estar exercendo a função de diretor e fez questão de contar com o Marques, com quem tenho muita confiança e estava exercendo um trabalho árduo e leal, que vai ficar como gerente de futebol, trabalhando em conjunto com o Rui”, disse Sérgio Sette Câmara.

Rui Costa falou sobre a responsabilidade de assumir o cargo no Galo e espera fazer o clube retomar o caminho das vitórias e títulos. O clube vive momento de turbulência na temporada, com grande risco de ser eliminado na fase de grupos da Copa Libertadores.

“É uma grande satisfação para mim estar em um dos maiores clubes do mundo. Dizia para o presidente, ao Lásaro e ao Domenico... A gente percebe a grandeza do Atlético a cada passo que a gente dá. Essa grandeza ficou mais clara para mim quando conheci o projeto que o presidente me apresentou, em termos de contribuir com o aprimoramento constante que tem no Atlético. Já vínhamos conversando há um tempo. É um projeto pensado, não circunstancial. Fiz questão de conversar com os atletas antes de dar entrevista, pois precisava ser o mais transparente aqui. A grandeza do Atlético também está nos atletas que possui. O grupo que, evidentemente, está machucado, mas ciente da responsabilidade e do momento que vive. É assim que vamos reunir forças, trabalhar focados na retomada. Estou muito feliz e orgulhoso por estar envergando essa camisa. Vou me adaptar ao clube, que é fundamental, regra básica é essa, adaptar às características do clube, mas rapidamente terá a noção de pertencer ao Atlético. Me proponho a fazer isso ao lado dos companheiros, com a equipe que encontrei, para que possamos retomar o caminho do Atlético”, disse.

Rui Costa espera conseguir fazer um bom trabalho mesmo com poucos recursos financeiros, uma vez que o clube está em processo de reestruturação econômica.

“Meu contrato é até o fim da gestão do presidente, foi o projeto que ele me apresentou e eu acreditei. Sobre investimento, já trabalhei sem, começando do zero, e com investidor. Temos que trabalhar com a realidade do clube. A realidade é sobre equilíbrio orçamentário, de reestruturação econômica. Vou trabalhar com meu conhecimento de mercado e seguir as diretrizes do presidente”, afirmou Rui.

Conversa com o elenco

Antes de ser apresentado, Rui Costa teve uma conversa com o elenco alvinegro na Cidade do Galo. O novo dirigente vê o grupo atleticano ‘machucado’ pelas críticas sofridas recentemente, mas acredita em reviravolta da equipe.

“Fiz questão de conversar com os atletas antes de dar entrevista. A grandeza também está nos atletas que possui. O grupo está machucado, mas ciente da responsabilidade e do momento que vive. É assim que vamos reunir forças, focados na retomada. O que posso dizer para o torcedor é que encontrei aqui o que o torcedor conhece. Uma grande equipe, um grupo comprometido em reverter essa situação. Vamos para um clássico de dois clubes da mesma grandeza. Ouvi muita coisa desde que cheguei. Não se trata um clube da grandeza do Atlético, de títulos, da forma que está sendo tratado. Tudo isso está sendo assimilado e compreendido pelos atletas e por todos nós. Teremos nos próximos dias algo muito importante para o Atlético. Ninguém vai diminuir o que somos. O que posso dizer é que o torcedor pode ter plena convicção que a grandeza do Atlético vai ser respeitada”, concluiu.

Tags: futebol diretor apresentação rui sette atleticomg