Ceará

ATLÉTICO

Atlético solicita áudio do VAR de jogo contra o Ceará para analisar conduta dos árbitros

Galo quer saber se protocolos foram seguidos no lance do pênalti para o Vozão

postado em 30/09/2019 15:39 / atualizado em 30/09/2019 16:37

<i>(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D. A Press)</i>

O Atlético, por meio de um ofício, solicitou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o áudio do VAR no pênalti marcado para o Ceará, no jogo do último domingo, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro.

Em contato com o Superesportes, o vice-presidente do Galo, Lásaro Cândido, disse que quer analisar o que foi dito entre o árbitro de campo, Paulo Roberto Alves Júnior (CBF-PR), e o chefe do VAR na partida, Carlos Eduardo Nunes Braga (CBF-RJ).

Lásaro considera que ocorreu um erro “bizarro”, que causou perplexidade da diretoria do clube mineiro. O dirigente quer saber se os protocolos foram seguidos no lance.

“Nós requeremos a cópia do áudio da partida para a gente estudar a medida a ser promovida. A gente quer verificar se foram obedecidos os protocolos e qual foi a avaliação do VAR. É um erro tão bizarro, tão básico e elementar, que causa perplexidade. Já que a comissão começou a liberar os áudios, queremos os áudios para aí sim vermos quais medidas vamos tomar”, disse o vice do Atlético, Lásaro Cândido.

A jogada ocorreu aos 39 minutos do primeiro tempo. Felippe Cardoso tentou chutar, mas errou a bola.
Igor Rabello entrou de carrinho no lance. Os dois se chocaram.

Depois de três minutos de avaliação do VAR, o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior confirmou a infração. Thiago Galhardo bateu alto, entre o centro e o canto direito, e abriu o placar no Independência.

Apesar disso, o Atlético conseguiu virar a partida. Luan e Otero marcaram no segundo tempo e deram a vitória ao clube alvinegro.

Tags: var atleticomg seriea cearace árbitros