Atlético

ATLÉTICO

Entenda as justificativas de Sampaoli para pedir cada reforço à diretoria do Atlético

Treinador entende que elenco precisa de experiência e mais alternativas

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)
Desde que o técnico Jorge Sampaoli foi contratado, o Atlético se reforçou com sete jogadores - recorde na elite do futebol nacional em tempos de pandemia do novo coronavírus. E o clube alvinegro não vai parar por aí. Nesta semana, a diretoria ouviu do treinador argentino que existe a necessidade de mais cinco aquisições ao elenco, conforme publicado no Blog do PVC.

Sampaoli quer um goleiro, um lateral-direito (caso Guga seja negociado), um meia, um atacante móvel e um centroavante. Para o argentino, o elenco alvinegro é muito jovem e precisa agregar experiência para facilitar o desenvolvimento das promessas e brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. “Consolidar com peso em alguma das linhas seria o ideal, para que esta juventude cresça mais segura”, disse, nessa quarta-feira.

O Superesportes detalha os motivos apontados pelo treinador argentino ao pedir ainda mais reforços à cúpula liderada pelo presidente Sérgio Sette Câmara e o diretor de futebol Alexandre Mattos.

Goleiro


A obsessão de Jorge Sampaoli é um goleiro que domine a construção de jogadas com os pés e ajude a equipe a ter a tão desejada superioridade numérica, característica fundamental do jogo de posição.

Titular na sete partidas do time sob o comando de Sampaoli, Rafael tem sido bem avaliado pela comissão técnica. O entendimento, porém, é que há a necessidade de um arqueiro especialista no fundamento. Em litígio judicial com o Santos, Everson é uma das opções.

Lateral-direito



Atualmente, o elenco do Atlético conta com três laterais-direitos: Guga, Mariano e Mailton. Sampaoli, porém, entende que o clube precisará ir ao mercado caso o primeiro deles, titular absoluto, seja negociado.

Na última semana, o Atlético recebeu uma oferta de 4,5 milhões de euros (R$ 28,5 milhões) do Spartak Moscou-RUS por 100% dos direitos econômicos de Guga. O clube alvinegro teria direito a 75% do valor, enquanto os outros 25% ficariam com o Avaí, que o formou. O negócio estava encaminhado, mas esfriou após discordâncias com o estafe do atleta.

Sampaoli confia em Guga e Mariano, mas entende que Mailton ainda não está preparado para atuar com frequência. Por isso, deseja reposição caso perca o titular do time.

Meia



Para Jorge Sampaoli, Nathan não tem substituto no elenco. Tanto é que ele foi o único jogador de linha titular em todas as partidas do Atlético sob o comando do argentino. E se saiu bem: com quatro gols marcados, é o artilheiro da equipe desde a volta das competições após a pausa decorrente da pandemia.

“Nesta realidade, em que temos que ser extremamente ativos no ataque, necessitamos de muita rotação de jogadores, porque não dá para manter este ritmo com os mesmos 10 (titulares). Nathan não pôde participar da rotatividade, porque não havia outra alternativa, e acabou se machucando. Se não tivermos trocas constantes, seguramente vamos pagar caro por esta intensidade”, disse Sampaoli, após a vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians, nessa quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Autor do gol da virada, Nathan sentiu dores na coxa e deixou o gramado do Mineirão no segundo tempo da partida para a entrada de Allan. A expectativa é que os resultados dos exames de imagem sobre a gravidade da lesão sejam divulgados pelo Atlético nesta sexta-feira.

Atacantes



Marrony tem sido o titular na posição de centroavante. Outra alternativa, Diego Tardelli sofreu grave lesão no tornozelo direito, está em início de tratamento e deve voltar a jogar só em 2021, segundo previsão do presidente Sérgio Sette Câmara. Nathan chegou a atuar improvisado no setor em partes de algumas partidas.

Diante da ausência de opções, Sampaoli entende que o elenco precisa de mais um centroavante se quiser brigar pelo título do Campeonato Brasileiro, principal ambição da temporada. Segundo a Rádio Continental, da Argentina, a diretoria alvinegra fez uma proposta de 3 milhões de dólares (cerca de R$ 16 milhões) por Lucas Pratto na segunda-feira, último dia da janela internacional, mas o River Plate recusou.

Nos últimos meses, o Atlético tentou contratar jogadores como Eduardo Sasha, do Santos, Eduardo Vargas, do Tigres-MEX, e Nahuel Bustos, do Talleres-ARG. No caso do santista, a diretoria mineira aguarda o fim do litígio judicial com o atual clube. Se quiser contar com os outros dois, será preciso esperar a reabertura da janela de transferências do exterior, em outubro.

A diretoria trabalha com a possibilidade de contratar um atacante de maior movimentação. Para isso, tenta reduzir a folha salarial e negociar Rómulo Otero. O venezuelano está em tratativas com o Corinthians, mas o custo mensal para tê-lo no elenco pesa desfavoravelmente.

Tags: galo atleticomg interiormg futnacional sampaoli seriea jorge sampaoli mercadobola